Portuguese Reports (Português)

Alemanha: 20 anos depois do assassinato do moçambicano Alberto Adriano

Passadas duas décadas, ainda se pergunta, frequentemente, se existe racismo na Alemanha, mesmo quando os números relativos à discriminação racial continuam a aumentar.

Há vinte anos, o assassinato de Alberto Adriano, de 39 anos, chocou a Alemanha.

  • Autoria Ben Knight, rl
  • Deutsche Welle

O moçambicano foi brutalmente espancado por um grupo de neonazistas, na noite do dia 11 de junho de 2000,  perto do Stadtpark, na cidade de Dessau, no leste do país.

Entrou em coma e acabou por morrer no hospital três dias depois, a 14 de junho de 2000.

Na altura, cerca de cinco mil…

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Back to top button